domingo, 31 de outubro de 2010

A história da moda divida em períodos





Assim como a historia da humanidade é divida em períodos, a historia da moda também é. Na verdade esses períodos são sub-períodos que se encaixam dentro dos históricos e que podem ser acompanhados junto com as sub-divisões da história da arte.


Na Antiguidade a roupa se distingue por civilização, portanto existem diversos tipos de roupas independente de terem um sub-período especifico. Sendo assim, temos o traje mesopotamico, o egípcio, o grego, o romano, o etrusco, o cretence, o chinês, o indiano, o bárbaro, e por aí vai...
O interessante é que, desde os tempos mais remotos, as roupas se separam em dois grupos: os drapeados e os ajustados. E essa regra é valida durante boa parte da nossa civilização.

Da esquerda para a direita: mesopotâmica, egípcia, grega, romana, gaulesa e síria


Na Idade Media temos 4 tipos de sub-periodos:

- Bizantino: Assim como o próprio Império Bizantino, a roupa dessa civilização teve suas peculiaridades que a destacaram do resto das roupas de outras civilizações contemporaneas.

-Pré-Românicos: São os trajes da Alta Idade Média, como os merovingeos, carolingeos, vikings, ottonianos. Os trajes são mais soltos e simples.

- Românico: Traje europeu da Alta Idade Média, que vai do século V ao século X d.C. Nesse periodo as roupas seguem uma linha mais simplificada se comparadas às roupas do periodo a seguir.

- Gótico: Traje europeu da Baixa Idade Média, entre os séculos e XV d.C. Vemos grandes transformações no estilo de roupas e acessorios, principalmente nos adereços de cabeça, como chapéus, coroas e tiaras.

* Existe um breve periodo de transição que é denominado Gótico Tardio ou Pré-Renascentista entre as roupas medievais e modernas.

Da esquerda para a direita: bizantino, merovingeo, viking, românico, pré-gótico e gótico


Na Idade Moderna, nasce o que realmente podemos chamar de história da moda, já que até então, estariamos estudando apenas a historia da indumentária (ou vestuário). E apesar de cada Reino ter suas caracteristicas, podemos ver a moda de uma maneira mais unificada, sendo dividida em:
- Pré-Renascimento: Trajes do periodo de transição entre a idade média e o renascimento, segunda metada do século XV
- Renascentista: Trajes do Século XVI, influenciados pelo renascimento cultural vivido na Europa.
- Barroca: Trajes do Século XVII, uma resposta mais sóbria ao estilo colorido e liberal renascentista.
- Rococó: Trajes do Século XVIII, marcado pela ostentação do periodo absolutista.


Da esquerda pra direita: pré-renascentista, renascentista, elizabetano, barroco e rococó

Com a Revolução Francesa, não só a historia como a moda também sofrem uma mudança radical que explicarei mais adiante. Nasce então a Idade Contemporânea, e com a Revolução Industrial, surge a roupa produzida em série, e assim como a humanidade em si, as mudanças da moda começam a acontecer cada vez mais rapido.
O Periodo Contemporaneo, que surge com a Revolução Francesa, pode ser separado nos seguintes estilos:

- Regencial ou Império: Periodo pós-revolução de resgate das formas greco-romanas, que pega o 1º quarto do século XIX.
- Romantismo ou Vitoriano: Vai de, aproximadamente, 1840 à 1870.
- Belle Epoque: É o "fin de siecle". Esse periodo pode variar de 1870 ao inicio do século XX como até o inicio da 1ª Guerra Mundial. Mas há quem prefira dividir esse período entre "Belle Epoque" e "Eduardiano", sendo que o primeiro termina na virada do século XIX para o século XX.

Da esquerda para a direita: Regência, Romantismo, Vitoriano, Bustle (Vitoriano Tardio) e Belle Époque


Então temos o século XX que já não é mais separado em periodos, mas sim em décadas.
Mas este é um capitulo pra ser estudado à parte, afinal, muita coisa aconteceu e influenciou a moda até a globalização fashion que vivemos atualmente.



Apertem os cintos que nossa viagem pelo mundo da moda começa agora!


...

Qual seu estilo favorito?

Nenhum comentário: